04. Idade Antiga



A idade Antiga ou mais conhecida como Antiguidade inicia com a invenção da escrita por volta de 3.500 a.C. e vai até 476 d.C. com a queda do Império Romano do Ocidente.

No momento em que ocorre o surgimento da escrita em diversas partes do planeta a vida dos homens estava passando por muitas transformações. A revolução Agrícola e a domesticação dos animais faziam o homem trocar a vida nômade pela vida sedentária. Os homens passaram a então se agrupar em terras férteis formando os vilarejos e posteriormente as civilizações com governo, comercio e exército.

As primeiras civilizações surgiram na Mesopotâmia, região do oriente médio que foi considerado o berço da civilização. Por volta de 2.270 a.C. Sargão I unifica a Mesopotâmia e cria o primeiro império (Império Acadiano) que dura até 2.100 a.C.

Após um período de prolongados conflitos por volta de 1.800 a.C. o rei da Babilônia, Hamurabi, realiza uma série de conquistas criando na região o 1ª Império Babilônio. O império Babilônico submeteu os sumérios, os acádios e os assírios. Para governar povos tão diferentes, Hamurabi organizou o primeiro código de leis, o Código de Hamurabi. O código defendia basicamente a vida e o direito de propriedade. O Impérios Babilônico durou até 1.200 a.C. com a dominação do Império Assírio.

É também nesse período que ocorrem as primeiras referências aos hebreus que tiveram sua origem na mesopotâmia. Povos seminômades organizados em pequenos grupos que migraram para as regiões férteis do rio Nilo e permaneceram ali até 1.250 a.C., quando foram guiados por Moisés de volta a Palestina (conhecido como Êxodo). Tiveram seu apogeu por volta de 1.000 a.C. quando rei Davi une Judá e Israel. E vai até 600 a.C.com o fim do reino de Israel e o cativeiro judeu em Babilônia.

O Império Assírio que tem seu apogeu durante o período de 1.200 a.C. se prolonga até 700 a.C. com a conquista do Medos.

Após a derrota assíria, a Babilônia volta a ser a cidade mais importante da Mesopotâmia. O império seria novamente reconstituído e viveria um novo apogeu sob o governo de Nabucodonosor por volta de 600 a.C. Seu império durou até 539 a.C. com a ocupação dos persas por Ciro, O Grande.

O império Persa vai até 331 a.C. com a conquista da Mesopotâmia por Alexandre Magno. É o auge do Império Macedônico que dura até 323 a.C. com a morte de Alexandre Magno e a divisão de seu reinado.

Nesse período o império Romano já estava formado e em 275 a.C. inicia o período de conquistas. O Império Romano tem seu apogeu por volta de 133 a.C. após a conquista da Grécia e assumir o controle total do mar Mediterrâneo. E vai até 476 d.C. com a queda do Império Romano do Ocidente e início da Idade média.


Resumo – Apogeu de cada Império


Império Inicio Fim Nome Importante
Império Acadiano 2270 a.C. 2100 a.C. Sargão I
Império Babilônico 1800 a.C. 1200 a.C. Hamurabi
Império Assírio 1200 a.C. 700 a.C. Sargão II
2ª Imp. Babilônico 600 a.C. 539 a.C. Nabucodonosor
Império Persa 539 a.C. 331 a.C. Ciro, o Grande
Império Macedônico 331 a.C. 323 a.C. Alexandre Magno
Império Romano 275 a.C. 476 d.C.

Durante a antiguidade outros impérios importantes também foram criados, alguns exemplos são:

  • A civilização egípcia que se desenvolveu no fértil vale do rio Nilo e se unificou por volta de 3200 a.C. formando um governo centralizado nas mãos de um único soberano – o faraó Menés. E vai até 40 a.C. quando o Egito vira província de Roma.
  • As civilizações chinesas, indianas e japonesas na Ásia.
  • E a civilização Maia na América.




Idade Antiga



Conteúdo correspondente: